• Marcos Sordi

Across The Universe

Para todo e qualquer fã de Beatles, o filme Across The Universe (2007) é uma obra-prima. Além de se tratar de uma história de romance entre o britânico Jude (Jim Sturgess) e a norte-americana Lucy (Evan Rachel Wood), o longa se passa no final da década de 1960 em um contexto social e político de grandes manifestações. A temática voltada à Guerra do Vietnã e suas consequências nos protagonistas demonstram, de certa forma, como uma parte da população entendia e via questões sociais nessa época.

As músicas do quarteto de Liverpool vão delineando toda a trama e, além de ser emocionante, expressa o sentimento de jovens em um período no qual era necessária uma mudança. Tanto que é inegável que o envolvimento de Lucy em um grupo de protestantes contra a Guerra do Vietnã denota os sentimentos desses mesmos jovens, dos pais de alguns — como os de Lucy — e de amigos que estão diretamente envolvidos. Nesse sentido, a música Revolution marca uma cena de forma importantíssima no contexto do andamento do longa-musical.

A letra de Revolution é objetiva e deixa claro no filme como Jude se sente com os organizadores dos protestos, que preferem o uso da violência para uma causa que deveria ser justamente o contrário — a pacificidade. O impacto da música nos personagens tem grande relevância no decorrer da história dos protagonistas e, consequentemente, faz com que o final seja comovente e mostra — por que não? — uma representação da banda britânica como um todo.

O musical apresenta várias críticas com base nas músicas dos Beatles e esse texto é apenas uma síntese de uma parte desse filme. Por fim, como dica simples: aproveite a história, as músicas e as críticas. Simplesmente assista!

REFERÊNCIAS:


ACROSS the Universe. Direção de Julie Taymor. Reino Unido/EUA, 2007, 134min.


THE BEATLES. Revolution. Youtube. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=BGLGzRXY5Bw>.